terça-feira, fevereiro 20

A verdade desportiva que eles defendem.

Ontem, o árbitro João Capela, tantas e tantas vezes conotdado como "benfiquista" resolveu dar provas desse mesmo benfiquismo. O clube do circo do carvalho e seus carneiros amestrados lá vão continuando a sua luta "pela verdade desportiva", e assim sendo, se juntarmos ao jogo de ontem os jogos contra Setúbal (penalty inexistente a 5 minutos do fim), o jogo em Santa Maria da Feira (penalty inexistente aos 98 minutos), o jogo contra o Braga (golo mal anulado ao Braga e golo mal validado ao clube dos depósitos), o jogo na Luz (golo em fora de jogo e 4 penalties por assinalar contra), etc, temos que, sem este tipo de verdade desportiva, eles andavam bem atrás do Braga.

Quanto ao jogo de ontem, foi qualquer coisa de surreal:


Deu 4 minutos de desconto, aos 3 minutos desses 4 aconteceu isto:



Quer acreditem, quer não, o morte lenta do William não foi expulso. Pelo contrário, o árbitro considerou que o jogador agredido do Tondela queimou tempo, e passou dos 4 minutos de desconto que tinha dado, para os o "até os lagartóides imbecis marcarem".



E os lagartóides imbecis lá marcaram... como? Com apenas um jogador entre a baliza e a bola, e com esse mesmo jogador a bloquear o guarda redes:



Não satisfeito em demonstrar todo o seu benfiquismo, João Capela ainda fechou os olhos a um cartão amarelo a quem marcou o golo forjado:


E agora? Como vai o Capela justificar a amostragem de amarelo a um jogador que tire a camisola quando marcar um golo?

Uma palavra final para a coragem do adjunto do Tondela na flash interview, por ter dito aquilo que o país inteiro (o país dos inteligentes, e não dos chungas e iletrados brunistas) pensou:





domingo, fevereiro 18

O "dia histórico" (mais um...)

Ontem após a assembleia do clube dos depósitos, o presidente da assembleia, bem preparado com a sua cartilha, veio dizer ao país que tinha sido um "dia histórico para o Sporting".


Trazemos agora pequenas histórias e relatos desse "dia histórico":

- Carlos Severino ex-candidato à presidência do clubeco (acompanhado pela PSP para ir a uma assembleia do clube que foi candidato... esclarecedor...)


"Carlos Severino, candidato à presidência do Sporting em 2013, passou alguns momentos complicados durante a Assembleia Geral, com algumas pessoas «a exercerem grande pressão e lançando bocas constantes», segundo o próprio declarou a A BOLA. Mas em momento algum, segundo frisou, foi agredido.
- Houve apenas bocas na minha direção e alguma perseguição no momento de exercer o meu direito de voto. Era uma situação claramente encomendada. A minha família tinha-me pedido para eu não comparecer na assembleia, mas eu achei que devia ir e votar, embora sabendo os riscos que podia correr.
«Não fui agredido por ninguém, até porque já tinha solicitado a presença da PSP. Agradeço a forma impecável como me protegeu ao sair do Pavilhão João Rocha. Apenas houve uma pessoa de idade, que me pareceu embriagada, que me empurrou, mas não considero isto uma agressão», acrescentou.
E prosseguiu: «Lamento, sim, o discurso do senhor presidente da Direção do Sporting, Bruno de Carvalho, um discurso verdadeiramente lamentável. Começou durante a semana com mentiras consecutivas na Sporting TV e continuou nesta Assembleia Geral. Como as pessoas sabem, fui candidato em 2013 e Bruno de Carvalho, então, pediu-me ajuda, solicitando-me que desistisse em favor dele, oferecendo-me um cargo na Sporting TV. Não desisti e ele não cumpriu o que me prometera. Nunca mais falei com ele sobre o assunto. Mais tarde, veio dizer-me que, se eu me calasse, me oferecia um cargo na Sporting TV."
- Pedro Madeira Rodrigues ex-candidato à presidência do clubeco

"Ao menos hoje não teremos mais lamentáveis posts “choramingas”, mas infelizmente sobraram fanfarronices e atitudes divisionistas. Foram abertas várias feridas entre a família sportinguista e criados ainda mais inimigos externos. O que é que ganhamos com isto ? "

- Uma estranha mas não surpreendente instrução


"É conhecida a aversão de Bruno de Carvalho ao vermelho. Nesse sentido, o Sporting deu instruções específicas à empresa de segurança contratada para a Assembleia Geral deste sábado, para que os seus funcionários não se apresentassem com a cor vermelha que têm na farda. 
Uma política seguida em outros eventos do clube e até em relação à cor das viaturas dos jogadores."

- Pelos vistos nem o ex presidente João Rocha e os filhos escaparam


- Apelo ao boicote a jornais e a jornalistas, apesar de lhes pagar pequenos almoços e não só. Resultado: carneirada amestrada a insultar e a tentar agredir jornalistas (ver aqui imagens da nata da sociedade)


Insultos, agressões, polícia, críticas e ataques a tudo e todos, este "novo" Sporting criado pelo encantador de carneiros é o que os seus sócios e adeptos merecem: rasca, ordinário e carregado de complexos.

Claro que este desfecho não pode ter sido surpresa para ninguém: a ver a coisa mal parada na última reunião, o encantador de carneiros fugiu da mesma para ter tempo de reunir os tapadinhos brunistas. Em cheio! Depois não se queixem...
O meu mais profundo e sincero agradecimento a todos os carneirinhos que votaram no grande enorme Bruno.
O circo do Carvalho está para durar!!! Agora todos bem caladinhos e a dizer que sim a tudo o que ele quer. A tudo mesmo, ok?



quinta-feira, fevereiro 15

Os porquês de uma goleada histórica

O futebol corrupto do Porto foi goleado na sua própria casa por 0-5.
Não é nada que possa ser considerado chocante ou sequer uma surpresa. Já aconteceu várias vezes e vai voltar a acontecer. E apesar de estarem em primeiro lugar no campeonato português, todos sabemos como estão nesse lugar. E os que não sabem ficam aqui com uma espécie de prendinha por serem tão inocentes e tapados.
Esta goleada histórica tem muitas razões que justificam o porquê de ter acontecido, e vai muito mais além do que a gritante diferença entre equipas e treinadores, porque a mentira que nos tentam vender de que o fóculporto (e o seu treinador) são uma máquina demolidora, só a mama quem quer:
- os dirigentes e técnicos do clube corrupto não se atrevem a entrar no balneário dos árbitros;
- os chungas que compõem o rancho folclórico disfarçado de claque não sabem onde é o centro de treinos de árbitros da UEFA, e mesmo que soubessem não se atreviam a ir lá;
- os jogadores não podem agredir adversários como o fazem na liga portuguesa, o que os deixa confusos;
- ao intervalo, e apesar de todas as diligências, não foram encontradas/inventadas fissuras nas paredes das casas de banho, e mesmo que houvesse alguma coisa, ninguém se atrevia a invadir o relvado e acabar ali com o jogo;
- os jogadores a caminho do balneário não se atrevem a chamar os árbitros de malucos mesmo nas suas caras, o que os deixa confusos;
- os iletrados adeptos não se atrevem a invadir o relvado para chegar ao banco da equipa adversária e agredir jogadores dessa mesma equipa, pois sabem que na UEFA este assunto não iria ser arrumado com uma multazinha, e isto deixa os adeptos confusos;
- nas competições da UEFA (pelo menos até ver) não apanham clubes treinados por ex treinadores azuis e broncos que batem recordes de menos faltas cometidas estendendo uma passadeira para jogos menos disputados que amigáveis de pré época, e isto deixa os jogadores confusos;
- a energia gasta a debitar ódio contra o clube que lhes tira o sono (e a razão) em determinado canal de tv retira-lhes força para este tipo de jogos, e isto deixa a própria estrutura confusa.

Muito mais haveria para dizer...
Mas fiquem com este verdadeiro golpe de génio em termos de marketing:


segunda-feira, fevereiro 12

A farsa do jogo de ontem em chaves é o exemplo perfeito do que é este campeonato

Para quem anda minimamente atento é óbvio que nem precisava do jogo em causa para perceber que esta competição é pautada por muita coisa podre. Mas a verdade é que, para os outros, para os inocentes e distraídos, o jogo de ontem é um exemplo perfeito de como este campeonato não vale uma merda.

Em primeiro lugar temos um árbitro cujo passado só por si devia ser suficiente para nunca mais apitar jogos em Portugal, quanto mais apitar jogos do futebol corrupto do Porto: oferecer a camisola em pleno estádio do Dragão, ver o seu balneário invadido por elementos do fóculporto e nada declarar no relatório de jogo, ser ameaçado por adeptos do clube corrupto e não pedir excusa de apitar este mesmo clube no fim de semana seguinte, e isto, a chamada "cereja no topo do bolo":


Nada de especial... é apenas um jogador a chamar-lhe maluco bem perto da tromba sem que nada aconteça...
E claro que nada pode acontecer! Podem ameaçá-lo, intimidá-lo, insultá-lo, ele não quer saber. Tem uma missão e não quer que o desviem dessa missão. E a sua missão é beneficiar o clube do coração como se não houvesse amanhã.
Por isso ontem foi assim (imagens sacadas daqui):



Alguma vez ele ia marcar um penalty contra o amor da sua vida com o resultado em aberto? E foram os xupa dragays ameaçá-lo, hehehe. Como se fosse preciso...

Além da pouca vergonha que é árbitros com históricos destes continuarem a apitar, ainda temos os clubes amigos treinados por treinadores que não conseguem ser profissionais sérios e enfrentar o clube pelo qual estão apaixonados.

O Chaves ontem, durante o jogo todo, fez 8 (oito! OITO!!) faltas:


Isto só pode ser um recorde digno de entrar no Livro do Guiness.
Dá quase uma média de 11 minutos e meio para cada falta. E nem com o clube frutado a ter quase o triplo das faltas os jogadores do Chaves se mostraram um bocadinho agressivos. Nem que fosse só um bocadinho para disfarçar...
Há amigáveis na pré época bem mais disputados do que isto...

O Luís Castro fez o pleno: em 7 jogos como treinador que defrontou o clube do seu coração, perdeu todos (imagem sacada daqui):


Que pena não haver um jornalista sério para perguntar ao Sérgio Conceição se ele queria rever o que disse quando o SLB jogou contra o Tondela e contra o Braga...

domingo, fevereiro 11

Impossível resistir a tanta comédia...

Até se podia começar esta publicação dizendo que "é Carnaval, ninguém leva a mal", dada a proximidade dessa festividade em termos de calendário. Mas no clube cujo último campeonato ganho/forjado ainda foi no tempo em que se usava o escudo como moeda em vez do euro, o Carnaval é praticamente todos os dias.
Atentemos a esta sequência só deste fim de semana:

- Presidente a responder a alguém que participou/participa no programa "você na TV", da TVI (hehehe, nem consigo escrever isto sem gargalhar):


Pois claro, só podia vir da 2ª circular...

- Os "sportingados" (ou "lampiões", ou "híbridos", ou "ratazanas", ou "gentalha", ou traidores", ou "desestabilizadores", etc...) decidiram responder ao convite feito por quem os insulta:


Para ser preciso virem a público pedir que lhes deixem votar sem pressões, imaginem lá o que os espera...

- A mistura explosiva de Mao Tse Tung e um qualquer criminoso:


E relativamente ao ex vice que enquanto era vice depositou 2000 euros na conta bancária de um árbitro (mas deve ter sido para proveito próprio...), há a destacar palavras fortes:

"(...) num hotel de Lisboa, por coincidência o mesmo onde o negócio Tanaka teve início. Dizem que o criminoso volta sempre ao local do crime mas neste caso azevedo volta ao local onde já foi muito feliz como ele e eu bem sabemos.
(...) como já resultou evidente, bruno miguel azevedo é cobarde e, para além de ser um cobarde que tanto se esconde por detrás de seguranças como se esconde por detrás da família, é ele o verdadeiro cobarde do teclado dos nossos dias.
Isto de ser o "presidente sem medo" e depois de fugir das tribunas nos estádios adversários, escrever muito no facebook e não meter os pés nas reuniões da Liga, rotular pessoalmente sócios no facebook pessoal e depois chamá-los acompanhado de metade dos órgãos sociais bem como demais staff, não é de presidente sem medo mas sim de um garoto assustado que não controla o deslumbramento que o toma de vez em quando e depois não consegue lidar com as consequências dos seus impulsos."

Isto é ouro!!!

Bom, comédia à parte peço a tudo e todos para votarem a favor de tudo o que o Bruno quer. Metam o orgulho nas nalgas e façam tudo o que lhe der na tola, ok?

quinta-feira, fevereiro 8

Mas alguém pode levar a sério o que a revista Sábado tem publicado?

Julgo que todos os adeptos do futebol e do Tetra Campeão querem que se apure toda a verdade sobre as insinuações que têm vindo a publico por determinados orgãos de comunicação social.
Assim como acredito que no SLB não se defende o indefensável, como acontece nos dragartos. Ou seja, se alguém dentro do Clube usou o mesmo para benefício próprio, ou se de alguma forma tentou adulterar a verdade desportiva para benefício do Clube, tem que ser punido e afastar-se de imediato do BENFICA.

Agora o que não pode ser separado de toda esta história é a credibilidade de quem tem posto numa base quase diária o nome do BENFICA na praça pública.
Na revista Sábado um dos escribas (que como podem ver aqui é um dos que assina esta espécie de notícia) não passa de um provinciano complexado. Quer dizer, se o Fábio Veríssimo é um sportinguista doente, este é um portista moribundo (imagem sacada daqui):


Ter este gajo a escrevinhar sobre o SLB ou ter o chimpazé Madureira vai dar ao mesmo, certo?

segunda-feira, fevereiro 5

Se isto não é concorrência desleal não sei o que será...

Se não for muito incómodo convinha a alguém do governo explicar isto muito bem explicado. É que se há um clube a quem são oferecidas todo o tipo de infraestruturas, então mais vale fechar isto porque a competição fica desde logo ferida antes sequer dos jogos começarem.

Não chegava usarem (ao preço da uva mijona) o centro de Estágios construído e financiado pela Câmara Municipal de Gaia:



Não chegava usarem as piscinas indecentemente oferecidas pela Câmara Municipal do Porto:


"Num negócio muito pouco transparente, a Câmara do Porto cedeu os direitos de superfície sobre a Piscina de Campanhã, a título gratuito pelo período de 25 anos, ao FC Porto. Essa é condição essencial, a cedência dos direitos de superfície, para que o FC Porto pudesse ter aberto no passado dia 16 de Dezembro um concurso público urgente para a realização de obras de recuperação da infra-estrutura assumindo-se este clube desportivo como dono da obra. É também condição essencial para que o FC Porto possa candidatar-se a fundos do QREN para financiar os custos das citadas obras.Este negócio foi tão pouco transparente que, apesar do FC Porto ter aberto o concurso já há um mês atrás, só há 3 dias é que o executivo municipal reuniu para votar a aprovação da cedência do citado direito de superfície ao FC Porto. Mais grave ainda, um dos vereadores, o da CDU, recusou-se a votar alegando desconhecer o processo e não ter tido tempo para o debater no seu partido. Isto é, no dia da reunião do executivo camarário para decidir sobre o assunto, um dos seus membros estava na mais completa ignorância sobre o processo enquanto o FC Porto, que não tem qualquer assento na Câmara, já sabia de tudo há meses."

(o jeito que dá ter um dragão de ouro na presidência da Câmara...)

Agora o país fica a saber que usam um canal de televisão que anda a ser financiado em centenas de milhares de euros por diversas câmaras municipais:


Será que também isto vai ser  tratado como uma banalidade?
Os contribuintes andam a ajudar um insolvente e um clube sob a alçada da UEFA? Andam a contribuir para os crimes informáticos a que temos assistido?!?
Aqui não interessa ver se os presidentes das ditas câmaras municipais são presença assídua na tribuna do estádio do dragão ladrão?
Não há aqui um benefício claro ao clubeco regional de andrades corruptos?
Onde anda aquele pessoal tão preocupado com este tipo de coisas, como a Revista Sábado, o Expresso, o Correio da Manhã, etc?!? Já montaram acampamento à porta dos envolvidos???
O Ministério Público vai demorar muito a pegar neste assunto e a esclarecê-lo? Ou andam com medo dos chungas iletrados do Futebol Canelas do Porto?

domingo, fevereiro 4

Deixem o Bruno tentar o penta!

A sério, não brinquem com coisas sérias! Não se armem em chicos espertos. Não comecem agora a ponderar um presidente que pense mais no próprio clube do que passar dias e noites a pensar no clube que lhe tira o sono.
É claro que isto:

 Vale tanto como quando fingiu ponderar não se recandidatar:


Mas nunca fiando!
Já sabem que ele tem um feitiozinho de merda muito especial, que pode ser facilmente confundido com birras e amuos. Mas não são. É tudo charme.
Sabendo isto, e se não quiserem que ele fuja como costuma fugir:



O caminho é só um: fazer-lhe todas as vontadinhas. E claro, continuarem a pagar-lhe o que ele e a mulher querem. Sem fazer barulho, sem levantar grandes ondas. É como ele quer e ponto final. Ou então:


Sabem bem como funciona a democracia que o Bruno defende:


Resumindo: que todos enfiem o orgulho na peida e deixem o Bruno fazer o que bem lhe apetece.
Seria um crime, depois do SLB ter ganho 4 campeonatos nos 4 anos de mandato de Bruno de Carvalho, que agora não o deixassem tentar o cinco-em-cinco.

quinta-feira, fevereiro 1

Parece que há aqui qualquer coisa por explicar...

Num desses jornais que andam por aí vi uma capa que me deixou a pensar que qualquer coisa está por explicar. A parte a que me refiro da dita capa de jornal foi esta:


Portanto, se li bem um juiz, tomando uma decisão com suspeitas de suborno, devolveu 80 milhões a um banqueiro. Mas qual banqueiro? Segundo a foto que acompanha o mesmo pedaço de capa de jornal, o banqueiro será este:





Se numa decisão com suspeitas de suborno um juiz devolveu 80 milhões a um banqueiro/empresário que detém um terço da SAD do clube dos depósitos, não terá sido essa mesma decisão ("com suspeitas de suborno) favorável ao clube em causa? Se o dito banqueiro/empresário paga milhões a treinadores e jogadores, faz obras de melhoramento na academia dos lags e dá novos autocarros, a decisão tomada pelo juiz não acabou por beneficiar, direta ou indiretamente o clube que tem metade de 36 campeonatos ganhos?
Quem souber que responda...