terça-feira, agosto 15

É uma questão de duplas...

Esta segunda jornada da liga portuguesa trouxe esta curiosidade: no maior WC deste país o clube que tem metade dos campeonatos nacionais que o SLB tem ganhou com essa vitória a ser oferecida de forma flagrante e vergonhosa pela dupla Hugo Miguel + Bruno Paixão. Ontem em Chaves o Tetra Campeão teve uma vitória oferecida pela dupla Rafa + Seferovic, grandes protagonistas no golo que deu os três pontos, assim como o passe (mais um) brutalíssimo de Pizzi para o cruzamento do Rafa.




Já li algures que ganhar assim ainda é melhor do que ganhar por goleada. Concordo e acrescento que ganhar assim só pode saber muito melhor do que ganhar graças a uma dupla de árbitros.

Voltando ao vídeo árbitro, ou sou eu que ainda não percebi bem como aquilo funciona, ou foi mesmo feito para prejudicar o BENFICA. É que acho que ainda não houve um jogo com vídeo árbitro onde o SLB não tenha sido prejudicado. Ontem foi este penalty inacreditável por rasteira sobre Jonas:


A sério, mas o que é isto?!? Um árbitro, dois fiscais de linha, um quarto árbitro e mais o vídeo árbitro e ninguém vê isto? Preocupante...

sábado, agosto 12

Representante da Adidas em Portugal oferece vitória ao SLB através do vídeo-árbitro

Todos sabem que não foi bem isto que aconteceu... mas deixo aqui mais um daqueles exercícios de imaginação.
É claro que não existe em Portugal nenhum representante da marca de equipamentos do Tetra Campeão que seja árbitro, quanto mais que apite (ou seja vídeo árbitro) dos jogos do BENFICA. E aqui surge a 1º oportunidade para imaginarmos o que seria um representante da Adidas apitar (ou ser vídeo árbitro) em jogos do SLB. Imaginam a choradeira, o barulho insuportável, o que se diria e escrevia? Pois...
O que aconteceu ontem foi que o representante da Macron (acho que é assim que se escreve...), marca de equipamentos do zbording, ofereceu a vitória a esse mesmo clube marcando penalty por este lance:


Isto seria de mijar a rir se não fosse um rombo gigante na verdade desportiva desta liga.
Estamos perante um lance em que nem sequer era necessário o recurso ao vídeo árbitro! Mas o árbitro que Jesus tanto gosta recorreu ao VAR para assim conseguir suportar o roubo

Alguém consegue imaginar um jogo decidido desta forma a favor do BENFICA?!?
Olhando para as capas de jornais está tudo bem, não se passou nada de nada, e foi um jogo banal decidido de forma normal


E se fosse em benefício do BENFICA, como seriam estas capas?
Obviamente que o ex candidato a presidente do SCP, o ganda Couceiro, diz que:

"Ainda não o vi, é difícil analisar sem ver uma repetição, foi do lado contrário ao meu banco e não vou comentar."

Sem surpresa...
Assim como este excerto duma notícia:

"Muitos foram os lances em que – na maior parte das vezes sem razão – se pediu penálti em Alvalade."

E nem era preciso ler isto, pois se correr com o Vítor Pereria não chegou, meter quem eles queriam como presidentes da APAF e do CA não chegou, meter o amigo Proença como presidente da Liga não chegou, e nem depositar dinheiro em contas bancárias de árbitros também não chegou, agora existe o vídeo árbitro para ajudar os coitados dos dragartos deste país. E qualquer espirro servirá para tentar que o vídeo árbitro consiga aquilo que os jogadores e treinadores não conseguem...

sexta-feira, agosto 11

Marco Ferreira, o exemplo.

Este ex-árbitro é apenas mais um perfeito exemplo de como o futebol é tratado em Portugal. Despromovido do principal escalão da arbitragem portuguesa é "premiado" com rubricas em jornais (e tenho impressão que também o faz ou fez na tv) onde resolve dar a sua opinião, como árbitro, aquela mesma opinião que o fez descer de divisão, como se alguém se pudesse interessar pelo que ele acha. Claro que um mau árbitro só pode dar um péssimo analista de casos de arbitragem. Depois nascem pérolas como esta:

 (imagem deixada na caixa de comentários do blogue pelo nosso leitor que assina como "enfim". O nosso agradecimento)

É manter o que vem hoje na nota de direção de comunicação do SLB e acreditar nessa mesma estratégia. Mas que é cada dia mais difícil acompanhar este futebolzinho carregado de complexados, lá isso é...

"O Sport Lisboa e Benfica não alimenta polémicas, não tem dívidas a ex-jogadores e treinadores, não vive sob intervenção financeira da UEFA, não está traumatizado pelo passado, não se esconde por trás de treinadores, não vive obcecado pelos seus rivais, não cria factos falsos para desviar as atenções de falta de resultados, porque está totalmente focado em si próprio e na luta pelas vitórias.
Conseguimos 12 dos últimos 16 títulos no futebol em Portugal. Com a mesma humildade e respeito por todos os clubes queremos prestigiar o futebol com esta nossa maneira de estar. Falar pouco e jogar muito e fazer de cada jogo uma festa.
Nota da direção de comunicação"

domingo, agosto 6

Isto deve doer...

Semanas e semanas de mentiras, insinuações e faltas de respeito, e no primeiro jogo oficial levam outra vez com isto:


E os jornaleiros lá foram outra vez obrigados a fazer capas destas:


Enquanto a pequenez complexada deste país se vai entretendo com vouchers, cartilhas, e mails, bruxaria, claques, etc, outros lá vão continuando a ganhar títulos.

Se não levarem a mal quero dedicar esta supertaça a todos os dragartos patéticos. O facto de andarem tanto tempo a fazer figurinha tristes e ridículas e não se importarem com isso merece algum mérito... assim como a sua capacidade sugadora, pois chupam e vão continuar a chupar

quinta-feira, agosto 3

Está a chegar ao fim a pré época desta coisa deprimente que é o futebol português

Para ser mais preciso, este futebolzinho português consegue ser deprimente desde o último jogo oficial da época anterior até ao primeiro jogo oficial da época seguinte. Apanha o período de férias e não se limita à pré época.
Durante todas estas semanas, o que devia ser falado na opinião pública, o que devia vir nos jornais, o que devia ser tema de conversa simplesmente desapareceu! Deixo apenas alguns exemplos de assuntos que pura e simplesmente foram varridas da actualidade, que não interessam ser falados, que mais parecem não-assuntos:

- o Sport Lisboa e BENFICA confirmou o estatuto de clube português com mais campeonatos (36)
- o Sport Lisboa e BENFICA confirmou o seu estatuto de clube português com mais taças de Portugal (26)
- o Benfica atingiu o dobro do número de campeonatos do Sporting (36 contra 18)
- o Sporting Clube de Portugal continua sem ser campeão desde o tempo em que se usava o escudo como moeda em vez do euro
- o Futebol Clube do Porto além de não ganhar nada há 4 anos, está também sob a alçada da UEFA devido ao fair play financeiro.

Ainda se lembravam disto?
Estes temas foram substituídos por outros, aparentemente muito mais importantes e palpáveis:

- Uma alegada troca de e mails sobre não-sei-quê
- Uma inenarrável denúncia de uso de bruxedo
- Uma pseudo ameaça de interdição do estádio da Luz.

E pronto, assim se passou este período também conhecido por silly season, mas que em Portugal mais parece ser uma mentally retarded season.

Entretanto já com o surgimento do infalível defensor dos oprimidos, também conhecido por vídeo-árbitro, surgiram também as primeiras nomeações para os primeiros jogos oficiais:


Mas ó malta, isto custa alguma coisa?
Não sei se interessa, mas agora também há a novidade das nomeações serem um pouco mais extensas. Portanto, temos no jogo da supertaça um tal de Jorge Sousa como vídeo-árbitro (auxiliado (!) por Hugo Miguel), e na primeira jornada o vídeo árbitro será Fábio Veríssimo. Nem vou perder tempo a dar exemplos destes árbitros (e vídeo-árbitros) em jogos do Benfica por eles apitados. Quem precisar tem aí o motor de busca do blogue. O que eu sei é que árbitros com históricos horrorosos e indiscutíveis de prejuízos ao Tetra Campeão continuam a apitar (e a partir de agora a vídeo-apitar) jogos atrás de jogos como se nada se tivesse passado. Tudo pela verdade desportiva, como é óbvio...