domingo, março 13

A mão-na-bola ESTÚPIDA do puto..

..
..foi quase tão evidente como a mão-na-bola do Enrolando contra o Nacional (na Choupana). Entre outras, como por exemplo, aquela outra na baldaláxia em que mais parecia um guarda-redes de andebol (época transacta). A grande diferença é que nessa ocasião, claro está, o apitador num biu. São critérios que o actual Presidente da Liga conhece de gingeira e desde há muitos anos.

Oh puto! Menos 'vento', pah. Menos 'vento' e mais concentração. Se jogasses com uma camisa de riscas criminosas podias asneirar à vontadinha e, simultaneamente, até podias treinar os teus colegas que serias campeão na mesma. Assim sendo, tens de arrepiar caminho e puxares pela cabecinha. Trabalha.

Misericórdia, Jesus..em Casa, contra o último classificado e com o Azelha no banco??



P.S.1 Sou CONTRA este tipo de gestão por parte do treinador, até porque não garante nada que nos valha e pode significar coisíssima nenhuma..e também porque transmite (tal como os discursos na última semana) uma mensagem de alguma descompressão aos jogadores assim como uma péssima imagem aos Sócios e Adeptos que estiveram presentes na Luz. O resultado foi o que assistimos.

P.S.2 Foi claro, mais uma vez, que existe um fosso entre a 1ª e a 2ª linha no nosso plantel, cujo défice ficou igualmente patente. O Menezes não tem culpa de não ser médio-ala e o Peixoto também não. O Luís Filipe é o Luís Filipe e não tem 'linha'. Saiu a fava ao Carole.

P.S.3 Esta época, quantos pontos mais poderiam ter sido salvos através da capacidade e da experiência do Nuno Gomes? Certamente, mais uns quantos, assim os níveis de astúcia do Jesus estivessem melhor apurados.

...